Resenha: Guerra Civil (★★★★★)



Olá pessoal, tudo bem??

Hoje tem uma resenha que quase que não saiu! Estou com esse livro emprestado de um amigo desde janeiro, mas devido a falta de tempo e a ressaca literária que eu fiquei após ler Cidades de Papel, achei que não conseguiria terminar a tempo de sair o filme... Mas vamos comemorar que deu tudo certo! o/

Bom, chega de enrolação e vamos lá!


Título: Guerra Civil

Autor: Stuart Moore

Editora: Novo Século

Páginas: 395

Classificação: (★★)


O livro já começa com batalhas e mortes. Devido a um acontecimento, centenas de pessoas falecem. O mundo já não é mais o mesmo daquele antes da segunda grande Guerra: as pessoas não se sentem mais seguras como antigamente ao meio de tantos heróis e vilões mascarados, sem conhecer as reais identidades e sem ter o controle dos novos que aparecem.

Uma medida pra procurar contornar essa situação foi criada pelo governo. De agora em diante, todos os heróis deveriam revelar sua identidade e se cadastrar. Servindo o governo com remuneração e outros direitos que trabalhadores normais tem.



É aí que começa a divisão do maior grupo de super-heróis, os vingadores. Tony (Homem de ferro) é à favor do governo alegando que essa é a única forma de reconquistar a confiança do povo novamente, e Steven (Capitão América) é contra a medida, defendendo a liberdade cívica. Com dos dois maiores líderes do grupo com opiniões contrárias, o grupo inteiro se parte.


(marcador mais amor do Homem Formiga)


E assim começa a batalha. Um herói morre, locais são destruídos, a população está em risco, laços se partindo, e uma medida que era pra reconquistar a confiança do povo, acaba piorando tudo. Acompanhamos lutas mortais, mudanças de lados, planos traçados, e espiões intrusos.

  

Tenho que admitir que fiquei com receio desse livro. Sempre preferi os romances, fiquei com medo que o livro se perdesse entre muitas batalhas e eu acabasse odiando e arrastando a leitura. Felizmente eu fui surpreendida! Sim, tem bastante luta, mas elas te cativam, não são cansativas e também tem várias outras coisas e situações acontecendo.



A quantidade de heróis e vilões que aparece no livro é surpreendente. Obviamente não colocaram todos no filme por motivos de despesas e toda a burocracia envolvida. Quem mais se destaca na história é o Homem de Ferro, Capitão América, Homem Aranha e os membros do Quarteto Fantástico - em especial a Sue e o Reed.



O livro é narrado em terceira pessoa, narrador onisciente. Oscila entre focos principais nas ações do grupo do Capitão e do Tony. 
A arte do livro está incrível! Foi super caprichada, assim como a diagramação. E as páginas são amareladas. É um livro que eu recomento pra quem é fã, obviamente, e para quem gosta de mudar de gêneros. É envolvente e rápido!


Só pra constar: #TeamIron

(apesar de ter argumento contra e favorável a ambos os lados, não posso ficar contra o amor da minha vida, mais conhecido como Tony Stark rs)


Quem aí já leu?? Gostou? Já viram o filme?
De qual lado você está e quais são os seus motivos??
XOXO


2 comentários:

  1. Se o livro é assim envolvente, imagine o filme! Já estou querendo ver o filme! Ótima resenha, parabéns!
    http://isaberenice.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir