Resenha: Confissões de uma Garota excluída, Mal-Amada e (um pouco) Dramática (★★★★)


Oioi pessoal, hoje tem resenha!! A protagonista é a Tetê e eu tenho certeza que ela vai conquistar todos vocês ^.^

Título: Confissões de uma Garota excluída, Mal-Amada e (um pouco) Dramática
Autora: Thalita Rebouças
Editora: Arqueiro
Páginas: 269
Classificação: ()

Se tem um livro que me surpreendeu, foi esse! Vou confessar que nos primeiros capítulos eu achava que ia odiar, queria correr com a leitura pra começar outro logo. Dava vontade de sacudir a protagonista que tem 15 anos e agia como se tivesse uns 12. Maaaaaaas, (isso é uma das coisas que me irritava aliás, existia muitaaaas leeeeetraaaas reeepppetidaas o teeeempo toooodo - OK, PAREI), como eu falei, fui surpreendida.
O livro mostra um amadurecimento incrível da personagem, e eu acabei correndo com a leitura, mas por estar cativada e querer saber o desfecho logo. Vamos aos detalhes!



A história é da Tetê, apelido de Teanira, uma menina que sempre foi "A excluída", e junta todos os motivos que geralmente acarretam isso em uma pessoa só. Ela é "cheinha", usa óculos, aparelho com dentes bem tortos, não é nada vaidosa, muitas espinhas e por aí vai. Além do nome, é claro!


O seu pai perde o emprego o que acarreta em uma mudança pra casa dos avôs e uma mudança de colégio. E é nesse colégio que a vida começa a desenrolar, já no primeiro dia ela faz dois amigos, que também eram de fora dos grupinhos, que a acompanharão até o fim do livro!

Cheguei à conclusão de que todos precisam de um Zeca na vida. Não para mudar simplesmente. Mas para a gente se aceitar e se gostar como a gente é. (...) Mudar só um pouquinho por fora pode mexer um muitão por dentro.

Não posso deixar de falar do Zeca, ele foi essencial na vida dela! (o livro podia vir junto com ele, né?) é o amigo que vai causar a transformação nela, que vai mostrar a sua beleza, ressaltá-la e fazer com que ela se ame. Após sobrancelhas feitas, roupas novas, mudanças no cabelo, etc. o jogo começa a mudar. MAS CALMA, a mudança ocorre aos poucos, e é resultado de uma mudança interna. Vai muito além da aparência.


Consigo ver tranquilamente esse livro virando um filme! Seria aquele tipo de filme que tem a menina novata e deslocada, os grupinhos formados e a "abelha rainha". Sucesso na certa! As personagens foram muito bem construídas, trazendo explicações psicológicas, ao longo do livro, para suas atitudes.

Se amar é sofrer, prefiro sofrer por outras coisas!


É narrado em primeira pessoa, repleto de receitas e conversas por wpp - super atual, tem até snap haha
Sobre as receitas: vieram em boa hora! Nas férias vou fazer a de palha italiana e de torta de limão. E mais pro meio do livro tem até umas mais fitness, só sucesso.
A diagramação está impecável! E da pra ver que o livro foi super trabalhado com todo o carinho e cuidado.



É um livro sobre bullying, sobre família, amizades e relacionamentos em geral. Thalita aborda tudo de forma leve e com muitas doses de realidade, transmitindo bom-humor e muitas risadas.

Porque no fundo todo mundo se sente um pouco excluído e mal-amado, todo mundo tem seu drama. Seus dramas. A gente não está na pele do outro pra sentir. Porque até aquela menina que todos achavam incrível, como a Valentina, tem problemas.

Indico esse livro principalmente para meninas entre 9/15 anos. Os temas abordados são muito importantes e constantes na vida de qualquer um. É sério, se você tem uma filha, sobrinha, prima, qualquer coisa, nessa idade, saiba que é um ótimo presente!


Espero que tenham gostado!
XOXO

Me acompanhe: Instagram ♥ Facebook ♥ Canal ♥ Snap: Nati_chanoski

5 comentários:

  1. Que maravilhoso, confesso que nunca ouvi falar deste livro, mas me apaixonei pela sua resenha.
    Já quero lê-lo. haha
    Beijão, Jardim de primavera

    ResponderExcluir
  2. Estou louca com esse livro, adoro a Thalita Rebouças e tenho certeza que esse é um bom livro para quem está amadurecendo e aprendendo com a vida. Fiquei bem curiosa pelas receitas, adorei sua resenha!

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Thalita é um amor mesmo!! Fico feliz que tenha gostado ^.^

      XOXO

      Excluir
  3. Geeeeente esse livro deve ser uma delicia, tenho quase 30 mas eu quero ler HAHAHA
    Adoro histórias assim. Gosto desses clichês adolescentes, é tão bom voltar na época de adolescência.

    E menina adorei seu blog, muito lindo, já está na minha lista ;)
    Beijos

    http://entre-linhaseparagrafos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir