Filmes em Cartaz

Olá pessoal, tudo bem com vocês??

Eu tenho que admitir que esse ano eu tenho ido SUPER pouco ao cinema por conta dos estudos e da mudança (sim, estou me mudando). Mas tem simplesmente dois filmes em cartaz que eu estou L-O-U-C-A pra ver -provavelmente não consiga, mas enfim- então eu gostaria de compartilhá-los com vocês! Pra saber se alguém já viu algum ou quer ver e se você se interessou pelo enredo, assim como eu, ou não.

Um senhor estagiário:


Por ser fã da Anne Hathaway, eu já estou morrendo desde que soube sobre esse filme! E também não podemos esquecer o espetacular Robert De Niro, é claro.


Sinopse: Bem-sucedida dona de um site de moda (Anne Hathaway) é abalada pela notícia de que terá de ter um estagiário. Por uma questão social os idosos precisam voltar a ativa e ela passa a contar com um senhor de 70 anos (Robert De Niro) buscando novos desafios em sua equipe.



Um Senhor Estagiário não é sobre as diferenças no modo de vida atual em relação ao de décadas atrás, nem sobre recomeçar a vida aos 70 anos. Trata-se de um longa sobre a mulher moderna, dividida entre as funções de trabalhadora, esposa e mãe, com todas as benesses e agruras que cada uma delas lhe traz. É o que revela a bela cena em que Hathaway e De Niro conversam... falam sobre a vida, inseguranças, sonhos e revelam neuroses. É quando o filme atinge a maturidade... A fantasia do mundo “perfeito” enfim desmorona, dando boas vindas à realidade.

- Crítica Adoro Cinema

Que horas ela volta?


Sinopse: A pernambucana Val (Regina Casé) se mudou para São Paulo a fim de dar melhores condições de vida para sua filha Jéssica. Com muito receio, ela deixou a menina no interior de Pernambuco para ser babá de Fabinho, morando integralmente na casa de seus patrões. Treze anos depois, quando o menino (Michel Joelsas) vai prestar vestibular, Jéssica (Camila Márdila) lhe telefona, pedindo ajuda para ir à São Paulo, no intuito de prestar a mesma prova. Os chefes de Val recebem a menina de braços abertos, só que quando ela deixa de seguir certo protocolo, circulando livremente, como não deveria, a situação se complica.


O meu professor de português que me indicou esse filme. Só teve elogios da parte dele (olha que isso é raro, quase impossível), fiquei intrigada com tanta propaganda e resolvi procurar mais pra saber se era realmente tudo aquilo que ele estava falando. E era! Aliás, é.


As comédias de cunho social são raríssimas no cinema brasileiro, principalmente com a qualidade e profundidade de Que Horas Ela Volta?. Resta torcer para que a obra represente aquela faixa de mercado tão necessária e tão ausente na nossa cinematografia: a dos “filmes do meio”, entre as pequenas obras herméticas do circuito de arte e os grandes arrasa-quarteirões da comédia popular.

"Que horas ela volta?", de Anna Muylaert, é o indicado brasileiro para disputar uma vaga entre os finalistas da categoria de Melhor Filme Ibero-Americano na 30ª edição do Prêmio Goya... tem conseguido boa repercussão em sua carreira internacional, tendo recebido prêmios no Festival de Sundance, nos Estados Unidos, e de Berlim, na Alemanha. No Brasil, em cartaz há quatro semanas, o filme já foi assistido por mais de 250 mil espectadores.


O novo filme de Anna Muylaert que, antes mesmo de chegar às telonas no Brasil já foi elogiado emCannes, aplaudido durante seis minutos em Berlim e o escolhido pelo Ministério da Cultura pararepresentar o Brasil na categoria Melhor Filme em Língua Estrangeira no Oscar 2016.
O filme rendeu a Regina Casé o prêmio de Melhor Atriz no Festival de Sundance, nos Estados Unidos.

Não preciso nem dizer que realmente é um filme que merece destaque! Pelo jeito ele trás importantes debates, sociais inclusive, de uma forma leve e divertida. Indicado para todos.

Os dois principais destaque já foram. Mas não poderia deixar de citar mais duas animações que me cativaram:
  • Hotel Transilvânia 2 (assisti o primeiro no cinema, e achei uma gracinha)
  • O Pequeno Príncipe (um clássico que eu adoraria ver a animação)


E aí pessoal, já assistiram algum desses? 
Qual foi o último filme que vocês assistiram no cinema?
XOXO

Resenha: Sereia de Vidro (★★★★★)



Olá leitores! Tudo bem com vocês??

Título: Sereia de Vidro

Autora: Marcelo Antinori

Editora: Bússola Pocket

Páginas: 72

Classificação: (★★★★)


Quando o Marcelo entrou em contato para me apresentar uma proposta, eu achei-a muito interessante e logo topei! Mas o que eu não imaginava é que gostaria taaaanto assim da leitura.

“Nossa ideia é chegar até aqueles que ainda não tem o costume de ler. Um dos pontos mais importantes é o formato – um livro pequeno, barato e de rápida leitura. A ideia é que possa ser lido, no ônibus, no metrô ou mesmo nos intervalos do trabalho

Os livros mais difíceis de resenhar, são aqueles que mais gostamos. É difícil achar palavras que expressem o que senti durante a leitura, e com certeza "Sereia de Vidro" foi um desses casos.

O livro é narrado em primeira pessoa pelo protagonista que inicialmente não revela a sua identidade. Ele é casado, tem filhos e ultimamente anda sem inspirações para os seus livros, . Tem uma vida boa, mas monótona, procura mudanças e por isso vai atrás de uma freira que lê Tarô, Madre Cristina. Os personagens, que aparecem durante a consulta, vão nos acompanhar até o fim do livro, como a pragmática Dama de Paus e o perigoso rei de espada.
Intrigado e desconfiado com a veracidade da leitura, ele segue normalmente a sua rotina. Mas logo nos deparamos com uma nova personagem em sua vida, e assim que ela aparece, já reconhecemos a Dama de Paus.

(Algumas das cartas que a Madre tira)

Nós sabemos que ela chegou pra mudar tudo, e logo a sua vida toma um roteiro inesperado. Cheio de mistério, suspense e romance. Todos os ingredientes adicionados na medida certa! 

("Dama de Paus")

Mesmo em apenas 72 páginas (pequenas ainda) temos assuntos mais complexos como o tráfico e o adultério. Uma coisa que me incomodou um pouco foi a forma como a traição foi abordada, meio “deixada de lado” como se fosse algo extremamente banal, cabível e indiferente. Personagens bem construídos, assim como a história.



Impossível não ficar com um gostinho de “quero mais”, a nossa sorte é que esse é o primeiro livro de uma coleção com esse mesmo nome, sereia de vidro.
O objetivo foi alcançado com maestria! Um livro fácil, rápido, pequeno e delicioso de ler durante os intervalos do dia. Com certeza irá trazer várias pessoas para esse mundo incrível da literatura Marcelo é uma pessoa admirável. Com uma escrita maravilhosa, um projeto bem formulado e com um ótimo produto final.




Recomendo para todos(as) e não vejo a hora de me deparar com outra leitura do autor!


XOXO






(O tamanho do livro comparado com um "normal")






As 7 cores do arco-íris

Sabe quando tudo parece dar certo? Quando você se olha no espelho e gosta do que vê, quando você está com um sorriso mesmo sem ter motivo, ou quando você se sente completa mesmo estando sozinha. Pois é, uma pena que essa sensação perfeita não dura muito tempo... Geralmente depois de momentos muito altos, vem outros super baixos. Aqueles que você se depara com um abismo e vê o fundo do poço, onde parece que nada e nem ninguém vai te levantar. Está tudo escuro lá em baixo, mas a boa notícia é que você geralmente levanta mais rápido do que pensava.

O mundo continua girando e vai voltando a ter cor bem devagarinho, e chega uma hora que você enxerga todas as 7 cores do arco-íris. Sempre tem alguma que fica meio fosca, isso é verdade. Talvez por causa daquela música que lembra um momento, ou de algum sorriso que te encontrou no meio da rua, ou de uma atualização do Facebook ou até mesmo de um nome igual falado no meio da rua. 

O tempo ameniza a ferida, já não digo que cura por experiências passadas. Mas chega uma hora que nem dói mais, eu prometo pra você! Só não sei quanto tempo vai levar pra isso acontecer... Pode ser meses ou anos, mas a cada dia você se sente um pouco mais inteiro, um pouco mais você e menos o problema. Só cuidado com aquelas recaídas que aparecem do nada sem nem bater na porta pedindo permissão pra entrar... Tirar parte da casquinha de um machucado grande dói! Por isso esteja sempre munido(a) com algumas barras de chocolate, filmes ou musicas da sua preferência e um bom amigo! Você vai conseguir :) eu te prometo!


(link de onde foi retirada na imagem)

Resenha: Metrópole dos Cães (★★★★)



Olá pessoal, tudo bem com vocês?? Primeiro eu gostaria de me desculpar pelo sumiço, agora os dias estão contados para os vestibulares começarem... Então está uma CORRERIA e eu super acumulei livros pra ler, mas se tudo der certo, agora vai!!

Hoje tem uma resenha nova de um livro cujo o autor é Nacional e entro em contato com o blog para enviá-lo ♥ vamos lá?

Título: Metrópole dos Cães

Autora: Leandro Ditzel

Editora: All Print editora

Páginas: 111

Classificação: (★★)


Por mais que o livro se passe em 2007 e foi publicado em 2009, é algo extremamente recorrente nos dias de hoje (2015) e um problema que provavelmente persista por alguns anos caso nós não saibamos lidar. O principal tema é a sustentabilidade, a preocupação com o mundo em que vivemos e com o ecossistema em um todo.

Todo um universo onde cães vivem como humanos, a universidade se chama "Unicão", a cidade "Caninolândia", a lanchonete "Gula dos Cães" e o país "Brasicãolândia" foi criado para se desenvolver esse enredo.



A história é narrada em terceira pessoa e se desenvolve a partir de uma metrópole que possui diversos problemas ambientais. Principalmente o consumismo em excesso que acaba gerando muito mais lixo e demanda por coisas novas que indiretamente causa diversos problemas que vamos descobrindo no decorrer dessa aventura. Um dos professores da Unicão possui uma postura exemplar perante o nosso planeta, coisa que ele tenta transmitir para os seus alunos através de um passeio no shopping e uma avaliação do comportamento de cada aluno.
Os moradores da cidade percebem uma mudança no tempo. Tudo está mais seco, alguns fenômenos que nunca aconteceram antes e principalmente problemas respiratórios. Por conta disso, eles resolvem ir em busca do que pode estar causando essas sérias mudanças que tanto os prejudicam, e assim embarcam em uma perigosa, misteriosa e surpreendente busca na floresta próxima a cidade.

A união é a melhor maneira de alcançarmos uma objetivo. Não podemos seguir em frente enquanto um de nossos membros estiver para trás. 

Durante a busca pela causa dos problemas, acompanhamos uma jornada de dificuldades, desafios e problemas muito comuns na nossa sociedade. Vemos o valor da união e percebemos que uma simples atitude pode afetar diversos animais de um ecossistema.
O livro nos prende e queremos logo saber a conclusão de todo o esforço e a luta por um país melhor. As 111 páginas foram escritas sem nenhuma enrolação e na medida certa.



Durante a leitura ficamos com um ponto de interrogação na nossa cabeça. Os problemas impostos nos fazem avaliar o nosso comportamento que muitas vezes de tão normal, acabamos achando que está certo. Quando jogamos o lixo no lixo ficamos com a consciência limpa certo? Ué, fizemos a nossa parte de descartá-lo no local apropriado... Mas poucas vezes pensamos para onde ele vai depois e o quanto do mesmo produzimos. Será que todo o descarte que fazemos é necessário? Todas as compras? Bom, vou parar por aqui pois essa discussão vai loooonge né... e nós muitas vezes sabemos da resposta, mas pouco fazemos para aceitá-la.



Não sei se essa foi realmente a intenção do autor, mas diversas vezes me parecia que os cães tomavam uma postura de humanos perante a história, não emocionalmente, mas fisicamente. A coisa que realmente imperou dos cachorros foi a pureza e a simplicidade que eles têm. Como se o autor quisesse nos sensibilizar das nossas atitudes através do olhar de um animal tão simples e puro que nós tanto amamos e até muitas vezes idolatramos, o cachorro. E pode ter certeza que se esse foi o objetivo, ele alcançou!



Gostei bastante do livro. Encontrei apenas um erro e uma confusão de conceitos entre clima e tempo, mas nada disso interferiu na leitura! Acho que algumas escolas deveriam agregar essa leitura como obrigatória em algum ano, afinal o livro discute ideias importantes, da uma consciência geral de mundo e é uma leitura bem rápida e fluída, coisa que poderia despertar o gosto pela leitura em algumas crianças/jovens. É um livro que todos deveríamos ler, pelo menos uma vez na vida.

Com certeza será uma das minhas citações em alguma proposta de redação para vestibular e principalmente para o ENEM hehehe

O consumismo nos dar uma falsa usando satisfação que não dura mais do que poucos dias. O consumista compra hoje E amanhã já pensa em um produto que substitua que ele que comprou ontem.


XOXO

Lançamentos de Setembro: Editora Gente/Única

Olá leitores, tudo bem com vocês?? Hoje tem lançamentos do mês de setembro o/
Eu já estou apaixonada pela novidade da Única <3 (como sempre né pessoal!)

Título: Negócios digitais
Subtítulo: Aprenda a usar o real poder da internet nos seus negócios
Selo: Gente
ISBN: 978-85-452-0059-8
Páginas: 224
Organizador: Alan Pakes
Gênero: Administração/negócios empreendedorismo
Lançamento: Setembro de 2015
Preço de capa: R$ 39,90 

  • Alan Pakes é fundador do Conaed (Congresso Nacional de Empreendedorismo Digital)
  • A internet é hoje umas das principais ferramentas para que os empreendedores possam alcançar seus clientes.

Você tem uma empresa e gostaria de usar o real poder da internet no seu negócio? Deseja montar um negócio on-line, mas não consegue dar o primeiro passo porque não sabe por onde começar? Para o empreendedor digital Alan Pakes, organizador desta obra, a maioria das pessoas que usam a web hoje para vender produtos e serviços está fazendo da maneira errada. Alan Pakes traz um mundo completamente novo, no qual é possível criar negócios rentáveis com pouquíssimos recursos iniciais. E mostra que essa possibilidade está ao alcance de qualquer pessoa empreendedora. O time vencedor de 17 empreendedores que Alan Pakes montou para escrever com ele este livro compartilha suas experiências bem-sucedidas nos negócios digitais para inspirar você a criar novas oportunidades na rede. 


Título: O catador de sonhos
Subtítulo: O empresário visionário que começou como catador de latinhas ensina tudo o que você precisa saber sobre otimismo, superação e determinação
Autor: Geraldo Rufino
Selo: Gente
ISBN: 978-85-452-0060-4
Páginas: 192
Gênero: Negócios/gestão e empreendedorismo
Lançamento: Setembro de 2015 Preço de capa: R$ 29,90

  • A história de Geraldo Rufino gera grande interesse na imprensa, tendo aparecido na Exame, no Programa do Jô e diferentes meios de comunicação.
Ele já quebrou seis vezes e saiu de todas elas mais sábio – e mais rico. 
É comum que as pessoas se abalem com mais facilidade quando enfrentam os revezes da vida, e, ainda pior, quando enfrentam uma crise muitas vezes desistem sem sequer tentar virar o jogo. 
De onde vem tanto desânimo, tanta falta de fé? Geraldo Rufino é o exemplo de que basta mudar o modo de pensar e todos os caminhos podem se abrir. Não sem trabalhar muito, é claro. Trabalhar muito com o espírito e a mente é a formula do sucesso que Rufino conseguiu desenvolver. O homem que começou a vida como catador de lixo reciclável nunca perdeu o sucesso de vista, e hoje é presidente da JR Diesel, cujo faturamento é superior a 50 milhões de reais por ano. Empreendedor visionário, trabalhador incansável, otimista incorrigível, Geraldo Rufino ensina como transformar sua vida e seu negócio para nunca mais se sentir vencido. 

Título: Escola de vilões
Subtítulo: Você mandaria um vilão fazer o trabalho de um herói?
Autora: Jen Calonita
Selo: Única Editora
ISBN: 978-85-67028-74-3
Páginas: 192
Gênero: Infantojuvenil/ficção
Tradução: Alice Klesck
Lançamento: Setembro de 2015
Preço de capa: R$ 34,90

  • Adaptações de contos de fadas apresentam legados de fãs, como Once upon a time, por exemplo.

Será que um vilão pode se recuperar? 
Gilly não se considera exatamente uma garota má... Porém, quando se tem cinco irmãos e irmãs mais novos, é preciso ser criativo para ajudar nas despesas. Ela é uma ladra muito boa, e disso tem certeza e pode se gabar. Até ser pega. Depois de roubar uma presilha, é sentenciada a passar três meses no Reformatório de Contos de Fadas – no qual os professores são aqueles antigos vilões que já conhecemos, como o grande Lobo Mau e a malvada Madrasta da Cinderela. 
Quando, porém, ela faz amizade com alguns estudantes, como Jax e Kayla, aprende que esse reformatório vai muito além de sua missão heroica. Há uma batalha ganhando forma e Gilly precisa descobrir: os vilões podem realmente mudar? 
Descubra o Lado B dos contos de fadas.

Título: Gestão e cultura de resultados
Subtítulo: O modelo para gerir e liderar pessoas realizadas e empresas vencedoras
Autor: João de Lima
Selo: Gente
ISBN: 978-85-452-0061-1
Páginas: 288
Gênero: Gestão/administração geral
Lançamento: Setembro de 2015
Preço de capa: R$ 39,90 

  • O livro aborda, de maneira didática, o tema como mobilizar as pessoas para o desempenho desejado e a obtenção de resultados.
  • João de Lima é um especialista na área, tendo trabalhado mais 40 anos em empresas globais como principal responsável pelos processos de Gestão de Pessoas e Desenvolvimento Organizacional. 
De forma bastante didática, este livro traz a você o modelo para alcançar esses resultados sob uma perspectiva bastante eficiente, comprovada pela vasta experiência do autor. Entenda como alcançar uma Cultura de Resultados: 

  • Estratégia do negócio: para definir direção e foco. 
  • Liderança: para alinhar os esforços e vincular os indivíduos. 
  • Gestão de pessoas: para obter comprometimento e desempenho. 
  • Criação de mecanismos que facilitem e potencializem os comportamentos e as ações desejados. 


Mais uma coisinha pessoal, quem aí vai na bienal? Lari Azevedo, coautora do Minha vida dava um livro estará na Bienal para bate-papo + autógrafos! Link do evento no facebook AQUI

E aí, gostaram de algum?
XOXO